Devolvendo ao Pai

      Com certeza Deus têm realizado grandes coisas na sua vida.  Talvez um novo jeito de pensar. Uma nova forma de enxergar os dias. Uma nova maneira de driblar as tristezas e desapontamentos. Deus, sem dúvidas, já lhe concedeu o Novo. 
      Novas oportunidades surgem em nossas vidas a todo o momento. Oportunidade de ser uma pessoa melhor. Oportunidade de abrir um sorriso e se alegrar. Oportunidade de conquistar. Oportunidade de abraçar a esperança. Mesmo quando erramos, Ele nos proporciona uma nova folha em branco para recomeçarmos. E como uma criança que esta começando a tecer os seus primeiros rabiscos numa folha de papel, assim somos nós diante do Pai. Ás vezes não ficamos satisfeitos com esses primeiros "rabiscos", ficamos tristes, desanimados, queremos jogar tudo de lado e viver sem experimentar. Viver sem tentar. Então chega o vazio, a dor fica maior, e você chega a conclusão que não adianta amassar a folha e jogá-la fora e desistir. É preciso muito mais, um pouco mais de esforço, talvez quem sabe apostar todas suas fichas numa nova cor de lápis e simplesmente deixá-lo deslizar sobre a folha. A nova folha concedida pelo seu Pai Celestial. A folha da vida. Aceite todas as novas oportunidades que o Pai lhe dá, aceite Seu Santo amor. Aceite o abraço e consolo do Espírito Santo de Deus. Viva para fazer o melhor para Ele, no final de tudo, você irá devolver ao Pai a mais bela obra de arte. 

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. 
(Romanos 11:36).

Comentários

Postagens mais visitadas