A Glória do Pai

   Todos os dias temos que nos submeter a glória de Deus, temos que nos "esvaziar" de nós mesmos, para nos enchermos dEle. "Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade". Salmos 115:1, precisamos jogar fora todo o nosso "eu", e através da oração, declararmos ao Senhor a Sua grandeza e admitirmos o quão pequeno somos diante dEle. Somos humanos pecadores, errantes, muitas vezes soberbos, outras vezes orgulhosos demais, ficamos doentes, padecemos, nos entristecemos facilmente, como também nos desanimamos, envelhecemos e, por fim, morremos. Quem somos nós diante deste mundo mal? Nada, apenas pó. Todavia, quem somos nós diante do Pai Celeste? Tudo. Somos importantes para Ele, somos Filhos, ovelhas do Seu aprisco, hoje temos um nome, servos do Senhor.  Ele se importou com a humanidade a ponto de Ele mesmo salva-la, Ele se importa com você a ponto de curá-lo de toda enfermidade e tristeza, Ele se importa com cada um de nós a ponto de escrever com seus próprios dedos o nosso nome no Livro da Salvação.  Mas quem somos nós diante de tamanha grandeza? "Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória..." declara o salmista, ou melhor, admite o salmista. "Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça." João 7:18, não há glória em nós enquanto estivermos nesse mundo, mas há glória no Senhor, e Ele nos chama de Filhos, precisamos buscar a glória do nosso Pai, glorifica-lo em todas as coisas, praticar a verdade e a justiça.  Que venhamos nos achegar ao nosso Pastor a cada dia, como ovelhas que precisam de um lugar para viver, e alguém para cuidar. 

Comentários

Postagens mais visitadas