As Promessas

        Ultimamente tenho ouvido muito a respeito das Promessas de Deus, a maioria dos pregadores da Palavra abordam o tema como que para animar o público e conseguir chamar a atenção para ele e para o que esta dizendo. 
     Mas em meus pensamentos cheguei a concluir que temos que ter cautela ao falar sobre as promessas de Deus para a vida de uma pessoa, muitos dizem que "se Deus fez a promessa ela irá se cumprir e ponto final", e nada mais impedirá - mas, ai está um equivoco que temos que parar e pensar. Nada mais impedirá que a promessa de Deus se cumpra em minha vida? Nada. Exceto Eu mesmo. Eu posso impedir. Você pode impedir. O nosso "Eu" pode estragar toda uma vida de realizações e cumprimentos das promessas de Deus em nossa vida.  Simplesmente não podemos subestimar a ação do inimigo e muito menos as nossas próprias ações que são os nossos erros. 
        Por exemplo, casais se prostram diante do púlpito da igreja no Grande Dia com uma bagagem de promessas e juramentos, todavia, por descuido, o "Ego" de cada um pode arruinar uma longa jornada juntos e jogar fora as promessas de Deus que naquele dia foram feitas para eles.  Podemos nos referir a isso como "abrir mão do que estava guardado para nós", a promessa é feita por Deus para a pessoa, logo a promessa pode ser considerada da pessoa, mas ela não está obrigatoriamente preza à pessoa, a promessa é uma coisa que existe e está lá, mas eu conseguir alcançá-la para que ela se cumpra é uma outra história. Sim, é bem mais difícil. Correr atrás das promessas não é fácil, o escritor de Hebreus afirma que há uma carreira proposta a cada um de nós, cabe a nós seguir nessa caminhada ou retornar, seguir em frente em direção a Jesus o Autor da nossa fé, ou estagnar e desistir.  O mesmo escritor ainda diz "Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo." (Hebreus 3:12), não é "moleza" conseguir o cumprimento das promessas, pois é necessário um esforço de nossa parte: Não se apartar de Deus.
     Tem um ditado que diz "Livra-me do homem mal: Eu mesmo", ás vezes somos nós que abrimos mão das promessas, somos nós que erramos e não chegamos a alcançá-las. Não podemos culpar a Deus, nem ao pregador. 

Comentários

Postagens mais visitadas