Eis que o teu Rei vem

E muitíssima gente estendia as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho.
E a multidão que ia adiante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosana ao Filho de Davi; bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas!
(Mateus 21:8,9).

   Também posso vê o que todas aquelas pessoas estavam vendo naquele momento: Somente a Jesus. Elas não tinham olhos para mais nada, naquele exato momento quando Jesus adentrava Jerusalém montado em um jumentinho, a multidão somente pensava em O receber com adoração. Elas estavam vendo Jesus, e ninguém mais. Por alguns instantes estavam contemplando Deus e não seus problemas. Estavam recebendo a própria Salvação em carne e osso, e bem em cima de um simples e fraco jumentinho manco. Elas não perceberam suas tristezas. Não se recordaram de suas mágoas de ontem. Nem nas desavenças que tiveram naquela manhã. Naquele momento o Filho de Davi adentrava os portões de Jerusalém mais radiante do que nunca, pois estava cumprindo o que um dia o profeta previu: Não temas, ó filha de Sião; eis que o teu Rei vem assentado sobre o filho de uma jumenta. (João 12:15).  
   Estavam cheios de esperança naquele momento. O Rei de fato havia chegado. Nossos avós não estavam mentindo. Nossos pais muito menos. Os profetas estavam certos. Olha ele bem ai a nossa frente, o Rei! 
    Ele veio para ser O Resgatador. O Salvador. O Libertador. Em uma bela manhã ensolarada em cima de um jumentinho, numa outra tarde nublada em cima de um madeiro, pronto para ser morto. Um Rei que se submeteu a várias formas de viver, tudo que padeceu foi apenas por um motivo: Nós, a humanidade. Ele não escolheu um cavalo de raça pura e forte. Ele não escolheu um trono banhado a ouro. Ele não escolheu uma multidão de escravos e empregados. Ele apenas disse: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos. E, se alguém vos disser alguma coisa, direis que o Senhor os há de mister; e logo os enviará. (Mateus 21:2,3) E, indo os discípulos, e fazendo como Jesus lhes ordenara, Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram as suas vestes, e fizeram-no assentar em cima. (Mateus 21:6,7). Uma jumentinha e seu filhote já basta, Ele pensa.
   O pouco já é o suficiente para Cristo fazer o momento mais esplendido e memorável para nós, e isso também nos basta para apenas O contemplar e O adorar. 

Comentários

  1. Parabéns pelo Blog. Deus ti abençoe.
    Convido a participar do novo Agregador Blogospel, onde reunimos blogs evangélicos, com os melhores conteúdos gospel e relevantes para o povo de Deus.
    Aumente o tráfego do seu blog E EDIFIQUE MAIS VIDAS!
    Não precisa cadastrar, é rápido e prático! Apenas seja parceiro colocando nosso banner na sua página e pronto, já pode enviar seus links.
    Acesse e conheça: http://semeandojesuscristo.blogspot.com.br
    Sua parceria é muito importante.
    Junte-se a nós!
    Graça e paz!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo Blog. Deus ti abençoe.
    Convido a participar do novo Agregador Blogospel, onde reunimos blogs evangélicos, com os melhores conteúdos gospel e relevantes para o povo de Deus.
    Aumente o tráfego do seu blog E EDIFIQUE MAIS VIDAS!
    Não precisa cadastrar, é rápido e prático! Apenas seja parceiro colocando nosso banner na sua página e pronto, já pode enviar seus links.
    Acesse e conheça: http://semeandojesuscristo.blogspot.com.br
    Sua parceria é muito importante.
    Junte-se a nós!
    Graça e paz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas