Me gloriarei em minhas fraquezas...

"de boa vontade, antes me gloriarei em minhas fraquezas..."  
Essas palavras foram ditas pelo Apóstolo Paulo em 2 Coríntios 12:9  se quiser conferir. 
Ele disse estas palavras após confessar um "espinho na carne" um "mensageiro de Satanás", ao qual ele disse que rogou ao Senhor três vezes que o livrasse deste mal, mas Paulo já sabia o propósito daquele espinho, era para que ele não se exaltasse em demasia. Paulo sabia e Deus também. Deus conhecia Paulo mais do que ele mesmo, a ponto de dizer a ele: "a minha graça te basta". 
Essa foi a resposta de Deus à oração de Paulo. Minha graça te basta. Se a graça realmente bastou não sei dizer. Mas ele escolheu aceitar a graça. Paulo escolheu aceitar e se conformar com a resposta do Senhor, ele disse "de boa vontade...", ou seja, ele deve ter exercido um grande esforço para aceitar a graça. Podemos mudar um pouco a frase de Paulo, "Com grande esforço, antes me gloriarei em minhas fraquezas...", Paulo estava querendo dizer que não é fácil, não é tão simples assim, mas antes vou me esforçar, vou fazer de boa vontade, vou me contentar com a graça. Dia após dia vou me basear nesta resposta do Senhor às minhas preces. Se Ele disse que é o suficiente, então por que simplesmente o é. Então que me resta fazer? devia ter pensado. "Vou me gloriar nessa fraqueza".  É estranho como Deus age de forma contrária, se gloriar nas fraquezas? Mas não seria bem melhor e mais glorioso se fosse na vitória? Se gloriar na nossa força? Mas, Deus quis que Paulo se gloriasse em suas fraquezas. O "espinho na carne" não foi em vão, não surgiu por acaso, e chegou um momento na vida que Paulo soube disso, se Deus me deu este espinho vou aceitá-lo. Vou viver com ele, mas, antes de apenas viver e aceitar, vou me gloriar. 
O que aprendo com isso? Que até mesmo em meio nossas fraquezas e derrotas, Deus sente prazer em nós, Ele vê algo mais em nossas vidas, Ele quer que nos gloriemos nEle. Parece difícil entender e aceitar, e é. Mas se no final recebermos a recompensa esperada vale muito a pena, Paulo descobriu isso ao dizer que para ele morrer e viver, tanto faz, é ganho quando vivemos e morremos com Deus, na Presença dEle, nos gloriando nEle. 

Comentários

Postagens mais visitadas